viver

Qualidade da variedade

Duarte Pernes 11.01.2016

No concelho de Matosinhos fica uma freguesia, chamada Leça da Palmeira, conhecida e frequentada pelos nortenhos e por uma boa parte dos portugueses. No Verão, esta localidade torna-se particularmente aprazível pela grande costa marítima que possui e pelas respetivas praias por ela espalhadas. A água do mar é, regra geral, fria, quase gélida até. Daquela que punge desde os tornozelos até à cabeça, mas que não afasta os banhistas mais aventureiros e indefetíveis que, além disso, só com dificuldade arranjarão um local melhor para ir a banhos no distrito do Porto.    

No entanto, há algo tanto em Leça da Palmeira como em Matosinhos que se realça durante todo o ano, independentemente da estação em curso ou da temperatura que se faça sentir: os restaurantes. E eles existem para todas as opções e tipos de apetite, muito embora o peixe e os mariscos marquem uma regra que dura já desde tempos quase imemoriais e que se constitui como um dos principais motivos para uma afluência tão grande e constante.

Ora, dentre esta panóplia gastronómica, o difícil será escolher um único sítio, sobretudo para aqueles que vêm de longe e poucas vezes têm a oportunidade de passar por esta zona. Nesse sentido, a sugestão que o RJP tem para oferecer chama-se Mauritânia Grill, em Leça, e, a partir daqui, a principal dificuldade deste artigo será resumir os diversos fatores que justificam o destaque atribuído.

O melhor será começar pela localização e descrição do espaço. A vista privilegiada para o mar é muitíssimo convidativa, em especial se o clima estiver de feição e possibilitar uma refeição na esplanada, equipada com uma proteção em vidro que a resguarda do vento. Mas caso não seja possível, há duas salas grandes (para fumadores e não fumadores) no interior, repletas de recordações e fotografias deixadas pelas figuras públicas (jogadores de futebol, predominantemente) e anónimas que por lá passaram e se tornaram clientes fiéis.

No capítulo gastronómico propriamente dito, poder-se-á asseverar que a Mauritânia tem um menu, no mínimo, eclético. Para entrada, o camarão, cozido ou grelhado, acompanhado de torradas em pão de forma, assim como as ameijoas ou as tapas de francesinha, garantem o início de um repasto de excelência que pode, e deve, ser complementado de seguida com um arroz de tamboril com gambas, ou com um rodovalho assado na grelha, ou com um linguado grelhado, ou ainda com um bife rolha com molho de cogumelos, ou com uma posta de novilho laminada ou com…  

Bem, a enumeração do último parágrafo já deve ter sido suficientemente elucidativa para o caro leitor em relação à tal variedade – toda ela saborosa o quanto baste, acrescente-se. Será, por isso, escusado prosseguir sobre esse registo, mas este texto não poderá ser encerrado sem salientar a qualidade do serviço, que se mantém impecável e atencioso, mesmo tendo em conta as naturais mudanças que nele se verificaram ao longo dos muitos anos em que a Mauritânia de Leça (como é conhecida pelos frequentadores habituais) se mantém aberta.

 

Informações gerais:

Nome: Mauritânia Grill.

Especialidades: peixe, carne, mariscos, grill.

Localização: Av. Combatentes da Grande Guerra 50, 4450-998 Leça da Palmeira.

Horário de funcionamento: todos os dias das 12h até às 02h.

Website: http://restaurantesmauritania.com/index.php/mauritaniagrill


Relacionados

Tão longe, tão perto

Não é à toa que, recorrentemente, o Brasil é referido como sendo o nosso “país...

Continuar a ler Duarte Pernes   15.07.2018

Da Suiça até à Foz

O fondue é uma receita gastronómica de origem suíça cujas raízes temporais,...

Continuar a ler Duarte Pernes   11.01.2016

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário