pensar

Mercado marroquino

Ricardo Jorge Pinto 04.02.2016

António Costa não queria o que conseguiu de Bruxelas, no Orçamento de Estado. A Comissão Europeia queria mais do que o Estado português lhe garantiu. Tudo se passou numa espécie de mercado marroquino em que o prejuízo (ou o lucro) foi dividido entre todos.

Relacionados

Embaraço

Os deputados não reagem ao caso Silvano, que parece mais estranho aos eleitores do...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   09.11.2018

Banhos de ética

Rio até pode responder em alemão, mas a verdade é que este tema o deve incomodar...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   09.11.2018

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário