pensar

As culpas e o cartório

Ricardo Jorge Pinto 03.07.2017

Não é possível roubar armas de um quartel sem o conhecimento de alguém dentro da instituição. Por isso, quando se apurar responsabilidades sobre este furto, o Exército terá de procurar debaixo de todas as pedras e assumir todas as responsabilidades. Caso contrário, o problema torna-se político.

Relacionados

Aprender e ensinar

Enquanto os professores lutam pelos seus direitos, um especialista pensa as escolhas...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   21.07.2018

Novos tempos

António Costa sabe que vêm aí novos tempos políticos. Com o PSD a aprovar uma lei...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   19.07.2018

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário