pensar

As culpas e o cartório

Ricardo Jorge Pinto 03.07.2017

Não é possível roubar armas de um quartel sem o conhecimento de alguém dentro da instituição. Por isso, quando se apurar responsabilidades sobre este furto, o Exército terá de procurar debaixo de todas as pedras e assumir todas as responsabilidades. Caso contrário, o problema torna-se político.

Relacionados

Vigiada

Lucília Gago será observada por olhos políticos, num cargo que precisa de...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   21.09.2018

Pressão

A nova PGR vai sentir a pressão e o escrutínio duro do seu mandato. Ao não...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   21.09.2018

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário