pensar

Perdeu. Saiu.

Ricardo Jorge Pinto 04.10.2017

Em vários momentos, Pedro Passos Coelho foi coerente. Também o foi na apreciação que fez da situação do partido, em função do posicionamento que lhe desenhou. Mas a coerência pode não ser eficaz e, como ele uma vez disse, "o melhor político é o que ganha eleições".

Relacionados

Herança de Hitler

Hitler determinou que os colaboradores do III Reich deviam receber pensões. As...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   22.02.2019

Moção inconsequente

Ao ser derrotada, previsivelmente, a moção de censura do CDS não teve utilidade...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   20.02.2019

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário