viver

Richard Attenborough

Ricardo Jorge Pinto 23.06.2015

Recebi o meu diploma de doutoramento pela mão de Richard Attenborough. Ele era o ‘chancellor’ da “minha” Universidade de Sussex por essa altura e lembro-me de, no final da cerimónia, termos ficado a falar sobre o futuro do jornalismo, encostados a uma árvore do jardim do campus, com um copo de sherry na mão. Como diz Pessoa: “eu era feliz e ninguém estava morto”… 


Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário