pensar

O árbitro

Ricardo Jorge Pinto 23.07.2018

O ministro da Educação quer margem de manobra. O ministro das Finanças não vê margem de manobra. Na discussão com sindicatos, terá de ser o primeiro-ministro a arbitrar esta divergência. Foto: Tiago Petinga /Agência Lusa

Relacionados

Rio intranquilo

Rui Rio explicou bem ao que vinha. E tem sido coerente. Mas as sondagens não revelam...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   14.08.2018

A época calma

Há uns anos, falava-se de silly season. Agora, são épocas tranquilas, estas de...

Ver vídeo Ricardo Jorge Pinto   14.08.2018

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário