viver

Casa portuguesa com certeza

Duarte Pernes 09.03.2019

Vila Nova de Famalicão é uma cidade conhecida, sobretudo, pela sua força industrial, destacando-se sobremaneira no campo dos têxteis. Ao todo, neste município que fica inserido no distrito de Braga, contam-se 813 empresas, 11.093 trabalhadores, 770 milhões de euros em volume de negócios, 236 milhões de euros de valor acrescentado bruto e 459 milhões de euros em exportações.

Não é, de todo, na louvável capacidade empreendedora e laboral dos famalicenses que este artigo se centra, mas tal pode, no entanto, ser útil como introdução para fazer jus à velha máxima portuguesa do «quem não é para comer, não é para trabalhar». É que por Famalicão há lugares de sobra para dar força e inspirar à mesa o tecido empresarial que por lá pulula. Um deles é, sem dúvida, o restaurante Casa Pêga.

A Casa Pêga é um espaço familiar, rústico e singelo, já com mais de seis décadas de atividade. Faz da comida caseira e tipicamente minhota a sua grande bandeira. Recebe bem e serve melhor, deixando os que a visitam com vontade de regressar. Em suma, é um pouquinho de Portugal no que o nosso país tem de mais próprio. Motivos gastronómicos concretos que motivem estes elogios? Não faltam e são, também eles, um hino às maravilhas lusas na esfera da cozinha. Senão, atente no parágrafo seguinte.

Para começo das hostilidades, recomenda-se o salpicão – a ser degustado a solo ou com broa à mistura. Depois, enquanto protagonista maior da refeição, a escolha é abrangente o quanto baste. Os rojões à moda do Minho, cuja carne se desfaz ao mínimo toque dos talheres, levam a nota mais alta, mas não será despiciente referir também o arroz de cabrito, o bacalhau assado (diz quem aprecia o prato que é uma maravilha), o naco de vitela na brasa ou os filetes de polvo com arroz do mesmo. Em qualquer uma destas opções, está garantida comida que sabe de facto a comida, sempre servida em doses generosas, capazes de satisfazer o mais ávido dos clientes.

A terminar, refira-se o bolo de coco ou o pudim abade de Priscos como elementos ideais para um desfecho doce de uma história indubitavelmente saborosa desde o seu exórdio. Definitivamente, na Casa Pêga, em Famalicão, a mesa portuguesa tem um dos seus representantes mais notáveis.

 

Informações gerais:

Nome: Casa Pêga.

Especialidades: Rojões à moda do Minho, naco na brasa, arroz de cabrito, bacalhau assado no forno.

Morada: Rua 8 de Dezembro 2203, Vila Nova de Famalicão.

Horário de funcionamento: De segunda a sábado, das 12h00 às 15h30 e das 19h00 às 22h00. Domingo das 12h00 às 15h30, encerra ao jantar.

Página de Facebook: https://www.facebook.com/RestaurantePega/

 

 


Relacionados

Prazeres de Verão

Cada estação do ano consegue ter o seu encanto e propiciar prazeres diferentes,...

Continuar a ler Duarte Pernes   16.02.2019

Te quiero, Madrid!

Madrid é talvez a metrópole mais encantadora do mundo onde não há mar e nem...

Continuar a ler Duarte Pernes   20.01.2019

Comentários

Não existem comentários ainda. Porque não ser o primeiro?

Novo comentário